Suplemento M-drol: composição, riscos e benefícios

Ganhar mais músculos em pouco tempo. Para quem tem pressa de “ficar grande”, usar substâncias com poder esteroide anabolizante é, muitas vezes, o caminho mais procurado. Uma delas é o M-drol, um produto que oferece benefícios, mas também riscos.

O M-drol é um suplemento classificado como pró-hormonal. Muito utilizado para promover grande aumento de massa magra rapidamente, ajuda ainda na definição muscular, pois oferece baixa retenção hídrica.

Dependendo da pessoa, é possível conquistar de 6kg a 10kg de massa muscular em algumas semanas. Os mais entusiasmados chegam a afirmar que os resultados do M-drol são tão rápidos que é possível turbinar significativamente os músculos em apenas 1 mês.

É bom lembrar que isso varia de corpo para corpo. Afinal, nem todos ganham 10kg (de músculos) em tão curto período.

O ideal mesmo é desconfiar de falsas promessas e focar nos seus próprios limites, até onde você tem condições de chegar usando determinado produto. Ah, e claro, com orientação de um bom nutricionista.

Mas seja qual for o ganho de massa magra, a ajuda do M-drol tem um preço: vários efeitos colaterais, fazendo com que seu usuário muitas vezes tenha que passar por tratamentos médicos após a suplementação.

Isso acontece mesmo com o M-drol estando dentro das regras dos órgãos reguladores da saúde. Quando a pessoa usa um produto pirateado, falsificado ou velho (composição antiga), o risco é ainda maior.

É que desde 2011 o M-drol enfrenta obstáculos ligados à sua formulação, devido à falta de legalização de alguns de seus componentes. Porém, as atuais fábricas afirmam que já não o produzem com tais elementos ilegais.

Fique por dentro: composição e benefícios do M-drol

O M-drol traz substâncias derivadas do hormônio testosterona entre seus compostos, produzindo nos homens um efeito estético bastante desejado.
Por isso, nem sempre é indicado para mulheres – pelo menos não para aquelas que preferem apenas um corpo com aspecto fitness, e não “marombado”.

O acentuado ganho de massa magra e a diminuição do percentual de gordura corporal são resultados obtidos graças aos tais derivados da testosterona. E eles ainda colaboram para aumentar a força, a energia e a resistência dos músculos.

A redução da retenção de líquidos, que costuma acarretar aquele indesejado “inchaço”, sem definição, por sua vez, é promovida por um grupo de 2-Methyl presente no M-drol.

Saiba mais sobre o M-drol

A venda do M-drol é expressamente proibida para menores de 21. Afinal, é um suplemento que altera os hormônios, e seu uso por pessoas jovens demais pode causar problemas como defeitos no crescimento e na glândula tireoide, entre outros distúrbios hormonais.

Pessoas com enfermidades cardiovasculares (pressão arterial instável, arritmia etc.) não podem ingerir o produto. Assim como os que apresentam complicações no fígado e rins.

Em casos mais graves, o M-drol pode levar à morte devido aos seus efeitos negativos imediatos.

E vale a pena lembrar: mulheres precisam controlar as doses do suplemento para evitar a masculinização corporal. Mesmo em menor quantidade, a dose é variável – em geral, uma cápsula por dia, com pausas posteriores de três meses, no mínimo.

Existem várias maneiras de fazer o M-drol Ciclo, mas o objetivo principal dele é adaptar-se ao seu biótipo, proporcionando o melhor resultado possível.

Nos ciclos de quatro semanas, por exemplo, é tomada 1 cápsula por dia nas duas primeiras semanas; na terceira e quarta semanas, são duas cápsulas diariamente, sendo uma a cada 12 horas.

Ao usar o M-drol, evite bebidas alcoólicas. E capriche na ingestão de água: de preferência 5 litros por dia.

Agora, você tem mais informações sobre o M-drol, sua composição, benefícios e perigos. Então, pense bem, consulte profissionais qualificados e bons resultados!

Até breve!

One thought on “Suplemento M-drol: composição, riscos e benefícios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *